Mario Andrade, o Avô perfeito,
empresta o seu Nome para o Haras

Mario Andrade chegou ao mundo em 8 de dezembro de 1912, na pequenina Freguesia de Tocha, Conselho de Cantanhede, no Distrito de Coimbra, em Portugal.

Com 17 anos de idade, em 1929, quando o mundo passava por uma crise enorme, Mario imigrou para o Brasil, acompanhado de seu cunhado Manoel Maria de Andrade, descendo do navio no Rio de Janeiro, a capital brasileira de então, seguindo de lá para a região oeste do Estado de São Paulo, precisamente no município de Gália, onde passou a viver e adotou como ?terra mãe?, trabalhando como extrator florestal na produção de dormentes para a construção e manutenção de ferrovias.

De formação e concepção humanística profundas, não se deixou esmorecer na superação de todas as dificuldades que se sobrepunham na sua vida de imigrante. Em 1933, adaptado à vida rural paulista, transferiu-se para a região da alta araraquarense, precisamente na localidade de Três Rios, hoje Potirendaba, onde conheceu Maria, aquela mulher que seria a sua esposa, filha de outro próspero imigrante português, proprietário de terras na região, João Maria Loureiro.

No dia 21 de dezembro de 1935, Mario contraiu matrimônio com Maria do Carmo Loureiro, que acrescentou o sobrenome Andrade, com quem teve quatro filhos: Urides de Andrade Lazarini, casada com Barnsley Lazarini; Reinaldo Andrade, casado com Maria Helena Giusti Andrade; Maria Odete Andrade de Almeida, casada com o Coronel João José Figueira de Almeida; e, Alzira de Andrade Gonzalez, casada com João Gonzalez, todos residentes na cidade de São Carlos.

Mario Andrade viveu em Potirendaba até os idos de 1954, na atividade agrícola de produção de café e leite. Fruto do trabalho conjunto da família ampliou, em comum, seus domínios agrícolas que perduram até os dias de hoje. Juntamente com o cunhado João Loureiro, Mario adquiriu a Fazenda Porto Pulador, localizada no município de Luiz Antonio, às margens do Rio Mogi Guaçu, altura do Distrito de Santa Eudóxia, daí a sua paixão por São Carlos.

Dois anos mais tarde uma nova aquisição da dupla: a aprazível Fazenda Colônia Velha, esta localizada em São Carlos. Em 1969, Mario Andrade adquiriu uma terceira Fazenda, a Primavera, que fica no Bairro do 29, na beira da Estrada Municipal Artur Scatena, também em São Carlos. Aos 60 anos de idade, no ano de 1972, Mario abdicou da atividade agrícola, para morar na próspera São Carlos, Capital da Tecnologia, cidade que amou e aqui faleceu em 26 de maio de 2.000.

Residindo na ?cidade grande?, Mario não conseguiu ficar parado. Como todo empreendedor e com visão invejável, investiu na área de transporte rodoviário, passando pela atividade de terraplenagem, o que não o entusiasmou muito. Com a sua índole de ?homem da terra?, Mario seguiu para o comércio de cereais. Na década de 70, criou a empresa que prazerosamente denominou Arroz Luso-Brasileiro, como prova do seu espírito de brasilidade, localizada na Rua Humberto de Campos, proximidades da Praça Itália. Esta foi a sua última atividade como homem de negócios, sendo sucedido pelo filho no empreendimento.

Mario Andrade foi um ser humano de fé em Deus irretocável. Era amado pelas pessoas com quem se relacionava. Como defensor incansável dos mais humildes buscava, se necessário, qualquer autoridade para resolver o problema e servir o seu semelhante muito bem. Em 1970, quando o governo instituiu a Lei que beneficiava os idosos com mais de 65 anos com uma ajuda financeira, destinou toda essa verba, mês a mês, para dezenas de pessoas necessitadas.

Exemplo de ser humano, era leitor assíduo de jornais, interessava-se intensamente pela política nacional e pela economia brasileira. Suas opiniões sempre serviram para a definição de convicções. Mario foi naturalizado brasileiro em 1992, pela Portaria 0241/92, do Ministério da Justiça, publicada no Diário Oficial da União em 13 de maio de 1992, porém, daqui partiu sem concluir um prazer que expressava aos quatro cantos, o de exercer o direito do voto, de ser eleitor.

Mario Andrade tinha um coração que não cabia no peito. Seu amor pelo Brasil e pelas pessoas transcendeu os limites de sua família. Mario Andrade foi e será sempre lembrado pelas suas brilhantes ações como homem sério, honesto, capaz e trabalhador pelas causas dos seus iguais, de São Carlos, do nosso Estado de São Paulo e do Brasil, país que ele devotou, como imigrante e depois naturalizado, um amor-próprio como poucos que aqui nasceram.

A história de vida do Senhor Mario, idealista por descendência, batalhador por vocação, estrategista pela inteligência, devotado ao trabalho como a grande maioria dos portugueses e, amante dos animais como todo ser humano deveria ser, nos incentivou a ocupar uma terra que fica no município de Brotas com o criatório de Mangalarga Marchador, que orgulhosamente denominamos Haras Mario Andrade, para homenageá-lo com o reconhecimento e louvor merecidos.

Inaugurado no mês de maio do ano 2007, o Haras Mario Andrade está localizado no km 11 da SP 197 Rodovia Doutor Américo Piva, há 7 quilômetros do asfalto, município de Brotas, que fica a 242 quilômetros a oeste da Capital de São Paulo, com fácil acesso para os aeroportos de Bauru (105 km) e Ribeirão Preto (150 km), além de toda a malha rodoviária paulista, num local de clima perfeito (temperatura média anual de 22 graus Celsius e 862 metros de altitude) para a grandeza, superioridade, nobreza e principalmente docilidade da raça Mangalarga Marchador.

Toda a infra-estrutura de alto padrão do local, sobre terras do Coronel Figueira (genro de Mario e genitor do proprietário), foi realizada preservando a natureza e o meio ambiente da região que é rústica e tranqüila, com o objetivo de proporcionar extrema segurança, higiene, conforto, qualidade de vida e saúde veterinária para os potros, garanhões e matrizes, que têm pastos, baias, solário, redondel, pista, farmácia de primeiros socorros e dispositivo para a estocagem e preservação do sêmen.

Determinamos o compromisso e responsabilidade social como prioridades na gestão do Haras. O nosso relacionamento com os clientes internos Fernando e Camila é de elevado nível de confiança, entendimento, reciprocidade e comprometimento, os quais estão conosco há vários anos. Devidamente capacitados, qualificados e constantemente treinados, esses clientes internos devotam atenção, carinho e respeito aos animais.

Buscando sempre avançar, evoluir e inovar, o Haras Mario Andrade utiliza matrizes de excelente genealogia e capacidade reprodutiva, combinadas com primorosos garanhões, que unem modernidade e premiações comprovadas, gerando potros e potras com ilimitado potencial genesíaco, futuros reprodutores campeões e sublimes geradoras.

É inequívoco o nosso grande amor pelos Mangalargas Marchadores. É paixão verdadeira por esses animais dóceis, elegantes do ponto de vista estético, inteligentes e capazes de gerar júbilo no sitio, nas marchas, passeios e, sobretudo, nas pistas.  

Bairro Rural, Barroca Funda Brotas
Estado de São Paulo
Correspondências: Caixa Postal, 12 13560-970
AC São Carlos - SP